sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Solução Final!

Solução Final!

A única forma de colocar o Brasil novamente em forma é deixar as Forças Armadas sob o comando único do General Mourão, e deixar ele agir conforme “se fizer necessário”. Garanto que em seis meses, ou no máximo um ano, o Brasil voltará a ser o Brasil que os brasileiros merecem!
Coronel Maciel.

31 de março de 64!

Recordar é viver. 31 de março de 64.
Povão! Povão é Povão! Povão é massa ignara! Povão é boiada! Povão bate palmas; lota estádio de futebol; povão é “Rock in Rio”! Povão implora por justiça! Eu também sou povão! Povão é presa fácil do primeiro discurso de políticos profissionais. Povão está novamente pronto para assistir a mais um jogo de cartas marcadas, onde os participantes jogam para plateia, visando as próximas eleições. Corruptos julgando corruptos não pode dar em nada!  Já falei mais de mil vezes que o Temer vai até o fim, não sei o que vem depois. Quem sabe Lula novamente. Sempre que a situação vai ficando cada vez mais preta, começa a caça às bruxas; caça aos militares. Hoje leio nos jornais: -- Há 40 anos, a PUC de São Paulo foi alvo da última grande operação da ditadura contra o movimento estudantil. Lembro como se fosse hoje, quando tudo começou!  31 de março de 64; eu, tenente novinho, era instrutor de voo nos aviões “T6”, para Cadetes do Terceiro e último ano antes do “Aspirantado”! Todos nós éramos os Precursores da hoje Academia da Força Aérea!  Minha vida era voar! Foi quando o Comandante do Destacamento Precursor da Escola de Aeronáutica de Pirassununga, Coronel Miguel da Cunha Lana, toca “reunir” para todo seu efetivo, informando os avanços das forças libertadoras e dizer do nosso apoio à “Revolução Redentora”, que deu início a mais de vinte anos, anos quando éramos felizes e não sabíamos...

Coronel Maciel. 

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Único certo!

O Único Certo!
Só quem já passou sabe como são difíceis os primeiros dias de um “aluno” numa Escola Preparatória de Cadetes. Quanta saudade daquela “boa vida” em casa; levantar-se sem ter que arrumar a cama; saudades dos carinhos da “mãezinha querida”; ter que enfrentar o “trote”, que hoje eu nem sei se ainda existe, mas que no meu tempo era pesado até demais! Enfrentar aquela rotina; aquela “correria” o dia inteiro, que só acaba com o toque de silêncio, para começar tudo de novo, com o toque da alvorada. Alguns “novinhos” tinham certa dificuldade, no início do curso, em coordenar o toque do tambor da Banda de Música com o movimento dos braço e pernas, quando logo aparecia um “gozador” para dizer que aquele era o “único certo”. Era uma luta diária que durava seis anos, para os que entram no primeiro ano, até a declaração de “Aspirante”, quando pensamos que “somos o rei da cocada preta”, e que todas as garotas do mundo estarão facilmente ao alcance dos nossos beijos e abraços! Ledo engano, pois, quando menos se espera, somos devidamente “fisgados”. E a vida continua cada vez mais intensa, cada vez mais exigente, obrigações com a pátria, com os “aviões” e agora com a família toda! Tudo durante trinta, quarenta, cinquenta anos até a passagem para a “Santa Reserva”, quando a vida continua, agora e sempre pilotando a mesma “velha companheira”... É quando começamos a sentir saudades daqueles bons tempos que não voltam mais, dizendo “começaria tudo outra vez, se possível fosse, meu amor. Mas o que eu queria mesmo dizer é que o aluno novinho logo aprende a marchar, o que não acontece com esse Ministro Gilmar Mendes, que se acha o “único certo”, nesta sua velhice cada vez mais vergonhosa.
Coronel Maciel.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Mourão para Presidente!

Mourão para Presidente!

Todo mundo sabe que a única coisa “realmente” democrática no mundo, é a morte! Assim como todo mundo sabe que, sem as Forças Armadas, não haveria democracia no Brasil! Democracia ou morte! Palmas para o General Mourão, Gauchão Macho do Culhão Roxo, a voz que mais alta se alevanta em defesa da nossa tão ameaçada democracia!
Coronel Maciel.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Generais "Mourão".

Esse General Mourão “de hoje” tem o mesmo DNA daquele general Mourão “de ontem”, aquele que desceu comandando suas colunas das Minas Gerais, em defesa da pátria, 64? Se tiver... pode dar merda... kkk  -- Eu me lembro muito bem! Era trinta e um de março de 64; as Forças “Amadas” do Brasil estavam em marcha acelerada na tentativa de livrar o Brasil do perigo vermelho! -- Base Aérea de Santa Cruz, a Base Aérea mais forte e mais bem equipada do Brasil. O Coronel Rui Moreira Lima, seu comandante, decola para identificar a coluna do General Mourão que estava chegando das Minas Gerais. Moreira Lima sabia muito bem como parar “colunas”, pois já havia feito isto na Itália, contra colunas alemãs. Naqueles tempos, Moreira Lima lutava contra o nazismo, contra o fascismo. Mas, anos depois, respondendo interrogações “tinhosa-capciosas” de um entrevistador, que lhe perguntava se teria coragem de “metralhar” a coluna do general Mourão, respondeu: -- Quando eles viram o meu avião, foi um verdadeiro “espalha brasa”; “um verdadeiro pega-pra-capar”... -- Se eu tivesse dado um tiro haveria gente correndo até hoje... -- Mas o avião estava desarmado... -- Eu fazia um simples voo de reconhecimento...”.
-- Que coisa mais triste, meu Deus! -- Não sei que força estranha é essa que as esquerdas possuem; forças demoníacas capazes de fazer um Major-Brigadeiro, como era o Moreira Lima (morreu aos 93...), descer das suas consagradas alturas para vir se juntar aos porcos. Forças capazes de fazer os nossos atuais comandantes se manterem assim tão humildes, tão calados... 

A paixão começa com a compaixão; e ter compaixão por terroristas é o mesmo que lhes abrir portas para novos crimes! 
Coronel Maciel.

Palmas para Raquel!

“Sete anos de pastor Jacob servia Labão, pai de “Raquel”, serrana bela...”
Muitos, com eu, não acreditam que Jesus Cristo era filho de Deus; mas acreditam, como eu acredito, que Jesus era uma pessoa exatamente igual a todos nós, porém dono de uma personalidade tão forte, tão dinâmica e tão importante, que jamais foi nem nunca será igualada! Jesus foi também o precursor do movimento romântico no mundo; mesmo com as “arbitrariedades” dos homens mais  românticos do mundo, quais sejam os pilotos, os  poetas, os amantes, seresteiros  e  namorados,  quando disse a  alguns desses muitos “carolas” que infernizam a vida dos amantes que exigiam que Jesus se pronunciasse contra Madalena, hoje para mim a mais  respeitável e venerável de todas as Santas do mundo, acusada de adultério, proferiu a mais “romântica” das   sentenças: -- Quem se achar livre dessa culpa, que atire a primeira pedra!
Jorge Amado, o grande baiano Jorge Amado, “comunista de alma branca”, criador do “Quincas Berro D´água”, um dos muitos “filósofos-românticos” do cais da minha querida Bahia de Todos os Santos e do Pai Santo “Jubiabá”, quando, no auge de mais uma das suas muitas noitadas homéricas, regadas com muita cachaça e viola, dizia que “não se pode dormir com todas as mulheres do mundo, mas deve-se fazer força”,  e que “quando um homem morre, ele se reintegra em sua mais autêntica respeitabilidade, mesmo que tenha cometido loucuras na vida”, mas que tem seus lugares garantidos nos “inferninhos” existentes nos cantos escuros dos céus...

Coronel Maciel.

sábado, 16 de setembro de 2017

A Montanha e Maomé.

Se a Montanha não vai a Maomé, Maomé vai à Montanha! Temer vai a Trump conversar sobre a Venezuela. Sobre o inferno que o comunismo transformou a Venezuela. Quem vai conversar com Trump sobre o inferno que os comunistas estão transformando o Brasil? Quem? De que lado estão as Forças Armadas Venezuelanas? De que lado estão as Forças Armadas Brasileiras? As nossas estão caladas. Quem cala, consente? E se as nossas “Forças” resolverem dar um basta nessa esculhambação que virou o Brasil, Trump vai nos apoiar?  Lógico que não!  Muito pelo contrário! Vai botar o rabão entre as pernas! Os americanos deixaram toda essa merda acontecer, ao abandonar a América Latina nas mãos dos comunistas. Mas os Furacões Caribenhos estão aí, prontos a nos vingar! Os “Islâmicos”, também! O “Coreano” também! kkkkkkkk

Coronel Maciel.